Retrospectiva chatbots 2018: as notícias que movimentaram o ano!

Retrospectiva chatbots 2018: as notícias que movimentaram o ano!

Em 2018 não faltaram novidades sobre os chatbots, fosse com novas ferramentas ou cases que comprovaram que os bots de conversa podem ter uma atuação muito além apenas do atendimento ao cliente, como importante plataformas para a fidelização e a expansão das marcas.

Só aqui no Blog foram mais de 30 textos sobre o tema e, caso você tenha perdido alguma das principais novidades, fizemos uma retrospectiva dos destaques, para você não terminar o ano sem acompanhar o avanço dos chatbots em todos os setores!

 

  • Chatbots X Aplicativos

 

Já começamos o ano com uma discussão que levanta polêmica: os chatbots representam o fim dos aplicativos? Apesar de hoje os usuários não estarem mais dispostos a baixarem dezenas de apps em seus dispositivos, especialmente os mais simples, apps populares e com funções mais complexas continuarão garantindo o espaço nos dispositivos móveis. Saiba mais sobre esse debate, clique aqui.

 

  • Chatbots no Whatsapp

 

Uma das principais novidades de 2018 sobre os chatbots foram as primeiras experiências de bots de conversa dentro do app mais popular de mensagens, o Whatsapp. Apesar de ainda restrito para algumas empresas parceiras e grandes marcas, como bancos, essa possibilidade representa uma expansão cada vez maior dos chatbots e a consolidação, definitiva, dos aplicativos de mensagens como principal canais de SAC. Falamos mais sobre o tema aqui e aqui.

 

  • Chatbots e Eleições

 

Longe da disseminação de fake news ou da criação de perfis fakes, que viraram debate neste ano, discutimos as possibilidades que os chatbots traziam para as eleições, oferecendo campanhas ainda mais dinâmicas, padronizadas e que oferecessem as propostas e agendas dos candidatos de maneira clara e eficiente, por mensagens. Leia mais sobre o tema aqui.  

 

  • Comportamento X Chatbots

 

Além da questão da tecnologia, também avaliamos como os chatbots se tornaram populares em uma realidade cada vez mais conectada e com a exigência de respostas rápidas e eficientes. Especialmente para as gerações mais jovens, conhecidos como Millennials, os chatbots representam uma forma natural e dinâmica de se comunicarem com as marcas, como discutimos aqui.

 

  • Chatbots além do atendimento

Apesar de muitos associados com o atendimento ao cliente, solucionando as principais dúvidas e problemas mais frequentes, neste ano tivemos muitos exemplos de como os chatbots podem ser aplicados em diferentes setores e necessidades, muito além apenas de grandes empresas. Entre os destaques, debatemos sobre os chatbots no jornalismo, chatbots aliados à prefeituras e ao turismo, por exemplo.